Revista Imprensa: O que esperar dos jovens

Imprensa
Compartilhe

Tive a honra de publicar artigo na Revista Imprensa sobre jovens e jornalismo, falando sobre os hábitos das novas gerações em plataformas digitais:

A internet comercial foi lançada no Brasil em 1995. Isso quer dizer que, para muita gente que tem até 25 anos, é como se ela sempre tivesse existido. Acessar a rede é tão simples quanto apertar o interruptor e acender a luz ou abrir a torneira e sair água.

Conforme o tempo passa, menos gente tem a consciência de como era a vida antes de estarmos conectados. Meus alunos de graduação chegam a ter dificuldade, por exemplo, de imaginar como as pessoas faziam para organizar uma passeata antes da existência do celular.

Vivemos, ao mesmo tempo, num ambiente de excesso de informações e de grande polarização, o que faz com que as pessoas busquem consumir notícias que confirmem as suas crenças, abrindo caminho para disseminação das fake news. Os grandes veículos de comunicação viraram serviços de nicho, num ambiente extremamente fragmentado.

A pandemia acelerou tendências que já vínhamos observando nos últimos anos, como o uso de dispositivos móveis e de plataformas sociais para o consumo de notícias. Apesar de esse comportamento ser mais evidente entre os jovens, ele pode ser observado em todas as faixas etárias.

Leia o texto completo na revista.


Compartilhe
Publicação Anterior

Por que vale a pena investir na transformação digital

Próxima Publicação

Participe do evento ERP Experience: Bem-vindo a 2050

Veja também

Melhores filmes de 2021: TItane

Quais foram os melhores filmes de 2021

Compartilhe

CompartilheListei abaixo os melhores filmes do ano passado a que consegui assistir. Estou ansioso para ver alguns que não estão na lista, como Licorice Pizza (Paul Thoma Anderson), A pior pessoa do mundo (Joachim Trier) […]


Compartilhe
Ethevaldo Siqueira

Ethevaldo Siqueira (1932-2022), grande mestre

Compartilhe

CompartilheO jornalista Ethevaldo Siqueira foi um grande mestre e um grande amigo. Foi graças a ele que me tornei jornalista especializado em tecnologia. Fui seu aluno na Escola de Comunicações e Artes (ECA), da Universidade […]


Compartilhe