Plataformas no-code permitem criar startup sem programador

Souza (e.) e Nazareth (c.) falam sobre no-code no inova.jor cast / Divulgação
Compartilhe

Souza (e.) e Nazareth (c.) falam sobre no-code no inova.jor cast / Divulgação
Souza (e.) e Nazareth (c.) falam sobre no-code no inova.jor cast / Divulgação

No-code é um sistema que permite criar aplicativos e outros tipos de software sem conhecimento de programação.

Alysson Nazareth, CEO da Nick Builder, e Gustavo Souza, CEO da Holos, conversaram sobre o tema com o jornalista Renato Cruz no inova.jor cast.

O podcast é publicado semanalmente no Spotify, Deezer,  iTunes e SoundCloud.

Sem programação

As plataformas no-code permitem que empresas utilizar componentes de software já desenvolvido para criar seus produtos e serviços.

“No-code é um termo bem recente. Costumo falar que é uma cultura de nosso ambiente tecnológico que permite criar soluções, como aplicativos móveis, sem precisar escrever uma linha de código”, explicou Alysson Nazareth, da Nick Builder.

A Holos oferece terapias holísticas para o mercado corporativo, com o objetivo de garantir a saúde mental dos funcionários.

“Neste momento, optamos, ao invés de buscar no mercado essa mão-de-obra que está difícil, de desenvolvedor sênior, pleno ou júnior, optamos por terceirizar a construção de nossa nova plataforma tendo a Nick como parceiro”, comentou Gustavo Souza, da Holos.

Para saber mais, ouça o podcast.


Compartilhe
Publicação Anterior

Como fica a cibersegurança pós-covid

Próxima Publicação

Yuny aplica realidade aumentada ao setor imobiliário

Veja também

A quarta edição do InovaBra Startups, do Bradesco, selecionou sete empresas / Renato Cruz/inova.jor

Bradesco terá processo mensal de seleção de startups

Compartilhe

Compartilhe A quarta edição do InovaBra Startups, do Bradesco, selecionou sete empresas / Renato Cruz/inova.jorO Bradesco terá um processo mensal de seleção em seu programa InovaBra Startups. Desde 2015, a instituição vinha lançando uma única […]


Compartilhe