Quais são os caminhos para a Indústria 5.0

Indústria 5.0: Milton Ribeiro, CEO da SPS Group, no evento ERP Experience: Bem-vindo a 2050
Compartilhe

A manufatura passa por um momento de profunda transformação. Vivemos a quarta revolução industrial, e nos preparamos para adotar o conceito de Indústria 5.0, que combina a digitalização à sustentabilidade e coloca as pessoas no centro dos processos.

Em 26 de agosto, fui mediador da mesa-redonda A inovação aplicada à indústria de manufatura, durante o evento ERP Experience: Bem-vindo a 2050, organizado pela SPS Group.

Durante o webinar, foram discutidos temas como os benefícios da computação em nuvem, a integração dos sistemas de gestão empresarial (ERP, na sigla em inglês) com software de automação da produção e adoção de inteligência artificial e análise de dados.

Digitalização acelerada

Milton Ribeiro, CEO da SPS Group, destacou que o ERP é a ponte para a transformação digital. “O ERP traz a interconexão entre os setores de uma empresa, não só setores, mas também pessoas. Traz a padronização de processos, a eliminação de erros que possam se repetir e, com isso, traz a redução de custos também. O ERP vem se transformando. Ele conecta não somente os departamentos da empresa, mas também faz as empresas se conectarem”, afirmou.

A conexão com a produção foi um dos pontos destacados por Maurício Engel, coordenador de Logística da SL Brasil. Segundo ele, a interoperabilidade do SAP Business One foi decisiva para a sua adoção na empresa: “O SAP foi mais bem indicado para o trabalho entre plataformas. Podemos trabalhar no padrão Windows, web ou Android”, concluiu.

Inteligência de dados

Daniel Carvalho, gerente de Suprimentos e Tecnologia da Informação (TI) da Pita Bread, afirmou que a empresa passou três fases na implementação da tecnologia. Em 2008, foi contratado um sistema para informatizar o que era feito de forma analógica. Quatro anos depois, a empresa migrou para o SAP e, nos últimos anos, o sistema foi integrado ao Power BI (Business Intelligence), o que agilizou a tomada de decisão.

“O ganho aconteceu com o colaborador. Ele deixou de ser o que faz o registro da informação e passou a ser aquele que analisa o que está colocando ali dentro, melhorando a qualidade da informação”, destacou Carvalho.

Segundo Daniel Cabrera, head da SAP Business One, 76% das transações do mundo todo passam por um sistema da SAP. Ele afirmou que esse número pode crescer ainda mais com a redução dos custos trazida pela nuvem. “Temos isso disponível para qualquer tamanho de cliente, pode ser o pequeno ou o médio. Antigamente, só os grandes clientes tinham acesso a tecnologia de ponta, porque isso custava muito”, afirmou.

A Indústria 5.0 foi um dos temas debatidos durante o evento ERP Experience: Bem-vindo a 2050

Compartilhe
Publicação Anterior

Participe do evento ERP Experience: Bem-vindo a 2050

Próxima Publicação

Quais são modelos de negócios viáveis para o jornalismo

Veja também

A segunda edição do workshop sobre inovação na mídia será realizado no CO.W Berrini / Renato Cruz/inova.jor

Inscreva-se no workshop sobre inovação na mídia

Compartilhe

Compartilhe O mercado de comunicação tem mudado rapidamente. Avanços tecnológicos tornam possíveis novos modelos de comunicação, ao mesmo tempo em que colocam em risco negócios estabelecidos. Conduzido por Renato Cruz, editor do inova.jor, o workshop vai apresentar conceitos de inovação e […]


Compartilhe