BTG Pactual lança o programa de startups BoostLab

Em parceria com a ACE, o programa do BTG Pactual busca startups mais maduras / Divulgação
Compartilhe

Em parceria com a ACE, o programa do BTG Pactual busca startups mais maduras / Divulgação
Em parceria com a ACE, o programa do BTG Pactual busca startups mais maduras / Divulgação

O BTG Pactual lançou hoje (5/2) o programa BoostLab, voltado para startups mais maduras, conhecidas como scale-ups.
Em parceria com a aceleradora ACE, prevê parcerias e projetos-piloto com o banco, fornecedores e outros integrantes de seu ecossistema.
As inscrições terminam em 15 de março.
As statups terão mentoria dos sócios do BTG Pactual e aconselhamento de executivos como Stelleo Tolda (Mercado Livre) e Cláudio Galeazzi, além de acesso à metodologia da ACE.

Big data e inteligência artificial

O programa busca empresas que atuem em três áreas:

  • eficiência operacional (soluções de big data ou inteligência artificial, que otimizem os processos de áreas como crédito, energia e wealth management);
  • relacionamento com o cliente (experiência digital, assertividade com a base de clientes e compliance); e
  • disrupção (oportunidades de negócios para o banco e empresas parceiras em mercados como commodities, crédito e meteorologia).

O BoostLab fica em São Paulo, na WeWork Faria Lima.


Compartilhe
Publicação Anterior

Terceirização de TI deve movimentar US$ 7,96 bi em 2021

Próxima Publicação

Como combater o discurso de ódio na internet

Veja também

Retrospectiva: Muschellack (e.) fala sobre indústria 4.0 / Gabriel Rodrigues

Por que é importante para o Brasil aderir à indústria 4.0

Compartilhe

Compartilhe Aderir à quarta revolução industrial é essencial para que o Brasil garanta competitividade no mercado internacional. Conversei com Erich Muschellack, superintendente geral da Fundação Certi, sobre indústria 4.0, quinta geração das comunicações móveis (5G) […]


Compartilhe