Crowd Vale da Eletrônica lança segunda chamada de startups

O Crowd Vale da Eletrônica fica no Inatel, em Santa Rita do Sapucaí / Divulgação
Compartilhe

O Crowd Vale da Eletrônica fica no Inatel, em Santa Rita do Sapucaí / Divulgação
O Crowd Vale da Eletrônica fica no Inatel, em Santa Rita do Sapucaí, no sul de Minas Gerais / Divulgação

O Crowd Vale da Eletrônica abriu as inscrições de seu segundo processo seletivo para startups. O prazo termina em 9 de junho.
Sediada em Santa Rita do Sapucaí (MG), a iniciativa é uma parceria entre Telefónica Open Future, Inatel e Ericsson.

Pré-aceleração

Serão selecionadas até 20 startups para um período de pré-aceleração de dez meses.
O programa busca projetos em áreas como:

  • internet das coisas (IoT),
  • soluções digitais em telecomunicações,
  • fintech (serviços financeiros),
  • agtech (agricultura),
  • software como serviço (SaaS),
  • big data,
  • aprendizado de máquina,
  • inteligência artificial,
  • end to end (E2E),
  • edtech (educação),
  • segurança,
  • vídeo,
  • media,
  • mobile (aplicativos para celular) e
  • games.

Além das suas instalações, o Crowd oferece suporte técnico e mentores. Numa segunda etapa, a startup pode receber investimento por meio do Wayra, aceleradora de startups da Telefônica.


Compartilhe
Publicação Anterior

WannaCry é ponto de inflexão na indústria de segurança

Próxima Publicação

‘As escolas formam estudantes para as carreiras erradas’

Veja também

O que os dados dos clientes da TIM dizem sobre o Rio

Compartilhe

CompartilheRIO A prefeitura do Rio de Janeiro vai receber informações sobre a localização de clientes da TIM Brasil durante os Jogos Olímpicos. A parceria é a primeira de um novo projeto da operadora, que passa a disponibilizar informações de big […]


Compartilhe