Como a fibra óptica pode funcionar como sensor

Fibra óptica é usada como sensor de movimento numa ponte na Inglaterra / Engineering at Cambridge/Creative Commons
Compartilhe

Fibra óptica é usada como sensor de movimento numa ponte na Inglaterra / Engineering at Cambridge/Creative Commons
Fibra óptica é usada como sensor de movimento numa ponte na Inglaterra / Engineering at Cambridge/Creative Commons

A Furukawa, fabricante japonesa de fibra óptica, tem planos para o mercado de internet das coisas. A ideia da empresa é fornecer diferentes tipos de sensores ópticos, que não precisam de energia elétrica para funcionar e são imunes à interferência eletromagnética.
Ao medir o comportamento do feixe de luz que passa por uma fibra, é possível conhecer características do ambiente em que ela está. Uma das aplicações é a medição do nível de água nos reservatórios.
“Temos conversas com consultores que dão apoio ao sistema para medir automaticamente o nível de água”, afirma Foad Shaikhzadeh, presidente da Furukawa no Brasil.
Além de medir o nível de água, a fibra óptica pode ser usada para medir temperatura, pressão e tensão, entre outras características do ambiente.
“Uma das mais antigas aplicações de sensor óptico no Brasil é da Embraer, que usa a fibra como giroscópio”, exemplifica Shaikhzadeh.
O giroscópio é um sensor que identifica mudanças de direção, usado tanto em aeronaves quanto em eletrônicos como o celular.
Guilherme Hoffmann, engenheiro de Banda Larga da Furukawa, passou uma temporada em treinamento no Japão, onde viu outras aplicações de sensores ópticos.
“Vi a demonstração de um braço robô em que a fibra óptica era usada para identifica o movimento em cada uma das suas juntas”, afirma Hoffmann. “A fibra também pode funcionar como microfone.”
No microfone óptico, um laser é refletido num diafragma, que vibra de acordo com o som e modifica a direção da luz refletida. Um fotodetector transforma essa luz em som analógico ou digital.
Há dois anos, a Furukawa lançou uma câmera ligada à fibra óptica, sem fonte de energia, capaz de transmitir imagens por uma distância de 10 quilômetros.
Outra aplicação dos sensores ópticos é na engenharia civil. A fibra óptica pode ser empregada, por exemplo, para monitorar as condições de uma ponte em que trafegam trens de alta velocidade com carga pesada.

Loja para provedores

A Furukawa lançou esta semana sua loja virtual de soluções de rede óptica para provedores de acesso. No site, é possível desenhar um projeto de rede, comprar a fibra óptica e equipamentos e ter acesso a financiamento.


Compartilhe
Publicação Anterior

No Brasil, a internet das coisas está só começando

Próxima Publicação

Saint-Gobain procura startups no Cubo

Veja também

Recrutadores têm dificuldade de encontrar profissionais qualificados de tecnologia da informação / Leonardo Rizzi/Creative Commons

Por que sobram vagas em tecnologia da informação

Compartilhe

CompartilheEmpresa de tecnologia da informação (TI) procura profissional com ou sem experiência, formado ou estudante de cursos na área, para contratação imediata. Remuneração: a combinar. Benefícios: ambiente de trabalho moderno, flexibilidade de horários, possibilidade de […]


Compartilhe
Estudo do Cetic.br apontou falta de recursos para tecnologia na área de cultura / Renato Cruz/inova.jor

Maioria das bibliotecas não oferece wi-fi público

Compartilhe

CompartilheSomente 32% das bibliotecas brasileiras oferecem wi-fi público. “Achamos que não é uma questão de não querer oferecer, mas de falta de infraestrutura mesmo”, afirmou ontem (17/1) Luciana Lima, coordenadora da pesquisa TIC Cultura 2016. […]


Compartilhe